Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diario de uma mulher negra

Hello sou a Elsa,este é o meu pequeno canto do mundo.Sou amante de sapatos,roupa,Make up,acessórios e tudo mais!Sou mãe e esposa.Esta é uma tentativa de um blog de beleza,lifestyle,moda e maluquices de uma black mad woman!

Diario de uma mulher negra

Hello sou a Elsa,este é o meu pequeno canto do mundo.Sou amante de sapatos,roupa,Make up,acessórios e tudo mais!Sou mãe e esposa.Esta é uma tentativa de um blog de beleza,lifestyle,moda e maluquices de uma black mad woman!

Seg | 13.11.17

Resistência

Hello,hello people,

hoje vou falar da minha luta e RESISTÊNCIA que perdura dentro de mim.Durante a minha infância e juventude fizeram-me acreditar que era diferente devido á minha cor,acreditava que era diferente,tive medo de ir mais além porque sabia que a minha cor era um impedimento para lá chegar,calei-me,rebaixei-me e acreditei que assim tinha que viver.RESIGNEI-ME.

Deixei de acreditar que era um ser humano dentro da cor da pele que habito,por ser negra não era merecedora de lutar por uma vida diferente daquela que ansiava,por isso escondi-me durante anos numa capa de timidez e cara fechada para aceitar agressões vindas de uma sociedade que não me aceitava.

Sempre estive à espera que a vida me viesse bater à porta e assim me habituei com a falta de voz que se tornou num grande vazio.O medo,o silêncio,a insegurança e a invisibilidade foram grandes compinhchas desta minha aventura.

Mentalmente sabia que estava errada,que a sociedade estava errada,a história estava errada,o passado estava errado.Dentro de mim sempre houve uma resistência enorme contra a resignação, existiu sempre uma vontade de lutar,de dizer BASTA, não sejas vítima da cor.

Hoje observo o mundo do lado de fora tentando fazer parte dele mas a cabeça é feita de peças fragmentadas tipo um puzzle onde as peças não se encaixam.Quero gritar,quero falar,quero ser mas não consigo.Então cuspo as minhas palavras através do computador onde me sinto liberta,onde me escondo,onde tento ir em busca da minha cura,do meu elixir da vida.

Sei que não é bom o que escrevo,sei que sou uma fracassada e sei que a minha escrita é feita de falhas,talvez nunca chegarei ao topo e talvez a minha hora nunca chegará na certa.Mas este é o meu lugar,o meu cantinho onde não preciso de legitimidade ou aprovação mas sim da minha verdade,teimosia e RESISTÊNCIA contra todos os nãos que levo na cara.

Um dia serei.Nao abaixarei a cabeça,continuarei na luta,quero um novo mundo,quero construi-lo,reconstrui-lo para que a minha voz possa ser ouvida.

Beijo,beijos,

Elsa Varela