Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diario de uma mulher negra

Hello sou a Elsa,este é o meu pequeno canto do mundo.Sou amante de sapatos,roupa,Make up,acessórios e tudo mais!Sou mãe e esposa.Esta é uma tentativa de um blog de beleza,lifestyle,moda e maluquices de uma black mad woman!

Diario de uma mulher negra

Hello sou a Elsa,este é o meu pequeno canto do mundo.Sou amante de sapatos,roupa,Make up,acessórios e tudo mais!Sou mãe e esposa.Esta é uma tentativa de um blog de beleza,lifestyle,moda e maluquices de uma black mad woman!

Sab | 16.06.18

Vestir bem a preços mínimos,fast fashion!

Hello,hello people,

Hoje olhei para o meu roupeiro e pensei muito sobre o que lá tenho em termos do valor monetário(quase nenhum)das roupas que lá tenho e resolvi escrever este post 😉.

Estilo e dinheiro são 2 dos grandes ingredientes entre outras coisas que fazem o mundo da moda rodar.

Eu gosto de compras aliás amo comprar roupa,sapatos,acessórios e otras cositas más que fazem parte do mundo das mulheres.

Mas não gasto muito dinheiro em compras(compro em saldos!) porque descobri á muito tempo que para se ter estilo ou estar na moda não precisamos investir em grandes marcas.

Quase todas as it girls e bloggers mostram nas redes sociais que para ser bem sucedidas ou conhecidas temos que investir em marcas que cobram exorbitâncias por um par de sapatos,uma mala ou simplesmente um casaco que serve para nos agasalhar do frio.

As revistas vendem-nos ilusões de que se não obtivermos aquele certo item não somos ninguém.Mostram grandes looks a preços impagáveis para muitos bolsos.

Como blogger, mãe e mulher compro revistas para procurar inspirações mas vejo que muitas mostram um mundo de ilusões,sonhos inalcançáveis para muitas mulheres  que só querem divertir um pouco com a moda.

Não digo sejam todas porque algumas têem aquela secção em que nos mostram do caro ao barato e essas são as minhas melhores amigas!

Sendo filha de imigrantes africanos,cresci onde o mundo das marcas nao passavam perto,acho que por isso nunca me deixei iludir por esse lado um pouco fútil.

Óbvio que tenho sonhos,como amante de sapatos gostaria um dia de ter um parzinho de uns louboutins(um sonho fútil kkkkk😉) mas não vou morrer por causa disso.

Às vezes vejo notícias de instagramers que se endividam,roubam ou preferem morrer a fome para comprar um item absurdamente caro para obter likes e seguidores.Pois o mundo não funciona a likes ou a seguidores,apesar de muitos serem bons a nível de reconhecimento de grandes trabalhos de bloggers e instagramers mas não é a vida real para muitas.

 Sempre gostei de vestir bem desde miúda mas como filha de pais sem condições económicas,vestiamos com roupas dadas,não era vergonha nenhuma,era melhor do que andar sem roupa ou esfarrapada.

E isso fez-me sonhar um dia que viria a ser designer de moda mas às vezes os sonhos vão morrendo pelo caminho á medida que crescemos e temos que nos fazer á vida.

Por isso a moda,o estilo sempre fizeram parte do meu sangue.

  Essa obsessão de vestir foi crescendo dentro de mim mas não ao ponto de querer adquirir objectos de grandes marcas para me sentir melhor comigo mesma,isso seria ultrapassar limites da maneira como fui educada.

Sempre ouvi dizer que o barato sai caro mas eu digo se juntarmos certos ingredientes bem combinados,o barato muitas vezes pode ser confortável,duravél,bonito e com estilo de milhões de euros.(kkkkkk).

Para mim vestir é sentir confortável,ter estilo,sentir-se bem com as escolhas e não ser muito desconfortável no bolso ou na conta bancária.

A tendência é mostrar que o inalcançável é poder,fama e dinheiro onde a humildade não faz parte e nem faz sentido.

A fast fashion hoje veste 99% do mundo daqueles que não teem possibilidades de comprar talvez um casaco que quase dá para sustentar um pequeno país pobre.

Ok,talvez a nível ambiental não seja o ideal e a mão de obra barata obtida através da escravatura é horrível mas como sonhadora espero que um dia num mundo melhor essa parte deixe de existir(mas isto é outro assunto).

Existem outros caminhos na moda onde não existe mão de obra barata e soluções mais amigas do ambiente mas mesmo esses caminhos também são inacessíveis aos bolsos e económicamente para muitos são impossíveis de obter.

Por isso a solução mal ou bem será sempre a fast fashion para os mais pobres.

Óbvio que o sentimento de culpa existe mas existem coisas piores como comprar uma mala feita de peles de animais e vender por uma fortuna que daria para alimentar muitas crianças neste mundo de Deus,principalmente aquelas que trabalham como mão de obra barata.

Como vêem isto é uma roda gigante viva que anda ás voltas e o resultado será sempre o mesmo!

Mas este é o mundo em que vivemos...

A minha conclusão e solução obviamente para a minha vida é esta,com a fast fashion obtenho o que necessito sem destruir a conta bancária para mostrar que tenho algo muito caro por vaidade que daria certamente para pagar a universidade da minha filha no futuro.

Existem muitas soluções mas cada um sabe o que é melhor para si e para a sua vida!

Estas são as algumas das minhas marcas:

2.jpg

6.png

4.jpg

images 1.png

7.jpg

3.png

8.png

10.jpg

 

 Espero que gostem deste post,

beijos,beijos

Elsa Varela.